PM é salvo durante assalto por celular no bolso

Um celular no bolso evitou que um tiro acertasse um policial militar durante um assalto à casa de sua família na tarde desta quinta-feira (1º), em Araraquara (SP), segundo a PM.

A vítima, que estava de folga, chegava em casa quando familiares eram feitos reféns por dois criminosos, que fugiram e ainda não foram encontrados.

De acordo com a Polícia Militar, por volta de 13h, a mãe do policial lavava a calçada na Rua Alexandrina Vieira Monteiro, no Jardim Residencial Água Branca, quando foi rendida por um dos rapazes.

Ela foi levada para dentro da casa, onde o marido e um outro familiar, também foram feitos reféns por cerca de 30 minutos. O outro ficou em uma moto aguardando o comparsa.

O filho do casal de 24 anos, que é policial militar em São Paulo e estava de folga, chegou ao local com a farda na mão, com a intenção de pedir para a mãe lavá-la.

Ele também foi rendido, mas, ao perceber que se tratava de um PM, o suspeito fez dois disparos.

Um dos tiros acertou as nádegas do policial, mas ele não ficou ferido, pois o celular no bolso desviou a bala. O aparelho ficou destruído. O outro tiro atingiu um portão da casa de um vizinho.

Os bandidos fugiram com celulares, relógios, joias e dinheiro.

Fonte: Redação/G1

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS