Juiz de Feira de Santana sofre sequestro relâmpago

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

 

Na noite da quinta-feira (14), o juiz federal do Trabalho Marcos Nunes Vitório foi vítima de um sequestro relâmpago, em Feira de Santana. Ele havia saído do fórum, localizado na avenida João Durval Carneiro, no Centro, em seu carro, um Hyundai Tucson prata (NZQ-4876) e, ao tentar estacionar o veículo na rua Alcides Fadiga, no bairro Coronel José Pinto, foi cercado por dois bandidos que estavam armados. Eles adentraram no carro, obrigando o juiz a ficar no banco de trás, enquanto ficaram dando voltas pela cidade, ameaçando-o. Foi exigido a quantia de R$ 10 mil para que a vítima fosse liberada. Em um momento de distração dos assaltantes, o magistrado tentou fugir pela porta traseira mas foi pego pelos bandidos e acabou ferido no pescoço e na boca, de acordo com informações da delegada plantonista Mônica Soares.

Após algumas horas, ele foi deixado em uma estrada de barro na zona rural da localidade de Oliveira dos Campinhos depois de ter dito aos ladrões que era juiz. Moradores da região o socorreram e o levaram até o posto da Polícia Militar.

 

Além do carro, a dupla levou R$ 500 em dinheiro, celular, uma corrente e duas pulseiras de ouro, além de um paletó e processos trabalhistas que estavam no fundo do carro.

Fonte: Redação / Correio

OUTRAS NOTÍCIAS