Aécio fala sobre os desafios à frente do PT em Feira de Santana

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

 

O novo presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), em Feira de Santana, o bacharel em Direito Aécio Moreira, foi o entrevistado desta quarta-feira (13) no Programa Jornal da Povo da Rádio Povo.

Aécio participou no último domingo (10) do Processo de Eleições Diretas (PED) do partido e obteve 406 votos, o que equivale a 59,89%. O petista vê sua vitória não como algo individualizado mas em que prevaleceu a coletividade, uma vez que, nomes expressivos dentro do grupo como o do vereador Alberto Nery, os ex-vereadores Ângelo Almeida e Marialvo Barreto e também de Ivannide Santa Bárbara e Albertino Carneiro o apoiaram visando a construção de uma unidade partidária.

Ele ressaltou que o PT não pode deixar de ser protagonista do debate político e seus desafios daqui pra frente é de trabalhar o partido para fora de sua sede, promover o diálogo com as minorias, estreitar relações com as centrais sindicais, pedir apoio à CUT (Central Única dos Trabalhadores) e eleger um sucessor do governador Jaques Wagner. Quanto às ações que pretende executar para atrair novos militantes, Aécio diz que é preciso buscar filiar com qualificação, construir condições reais de debate com a juventude e com as minorias, para que a política seja olhada como elemento modificador da sociedade, o que ele acredita ser possível a partir das mudanças individuais.

 

Questionado como será seu relacionamento com o atual líder do governo, o deputado Zé Neto, o presidente vê com naturalidade pois as disputas internas sempre existiram e servem até para oxigenar o partido; o processo de eleição não teve caráter de revanchismo, disse ele. Sobre seu modo de governar, o petista afirmou que utilizará do diálogo e do respeito, ingredientes os quais foram aprendidos por ele ao longo de sua trajetória política.

Fonte: Redação

OUTRAS NOTÍCIAS