Imbassahy nega ligação com empresas investigadas alguém já assumiu

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

Até hoje nenhum político assumiu qualquer desvio ou ato de corrupção. O líder do PSDB na Câmara Federal, deputado Antônio Imbassahy, enviou nota ao Bahia 247 negando “qualquer ligação com doleiros”
Após publicação de que o deputado Antônio Imbassahy, líder do PSDB na Câmara Federal teria recebido R$ 100 mil de empresas investigadas pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal, para sua campanha de 2010.

Afirmou não possuir qualquer ligação com o doleiro. Entretanto, o tucano não comenta sobre a doação recebida da Petrobrás.

Ele Limitou-se a dizer que não tem envolvimento com as pessoas presas, entre elas o doleiro Alberto Youssef, apontado como cabeça do esquema dos fornecedores da Petrobras investigados pela PF.

A nota enviada ao Brasil 247 foi a seguinte: Imbassahy nega ligação com doleiros

O líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy, descarta qualquer ligação com doleiros.

Aliás, ele afirma que o doleiro, preso na Operação Lava Jato, que mantém estreita vinculação com petistas e com um ex-diretor da Petrobras, investigado por irregularidade na estatal, deverá ser um dos primeiros a serem ouvidos pela CPI mista da Petrobras, que está em fase de instalação no Congresso.

“Estamos empenhados para que os trabalhos, da referida CPI comecem o mais breve possível, e todos os fatos sejam esclarecidos”, disse o deputado.    

Fonte: Redação com informações do B.247

OUTRAS NOTÍCIAS