Imbassahy nega ligação com empresas investigadas alguém já assumiu

Até hoje nenhum político assumiu qualquer desvio ou ato de corrupção. O líder do PSDB na Câmara Federal, deputado Antônio Imbassahy, enviou nota ao Bahia 247 negando “qualquer ligação com doleiros”
Após publicação de que o deputado Antônio Imbassahy, líder do PSDB na Câmara Federal teria recebido R$ 100 mil de empresas investigadas pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal, para sua campanha de 2010.

Afirmou não possuir qualquer ligação com o doleiro. Entretanto, o tucano não comenta sobre a doação recebida da Petrobrás.

Ele Limitou-se a dizer que não tem envolvimento com as pessoas presas, entre elas o doleiro Alberto Youssef, apontado como cabeça do esquema dos fornecedores da Petrobras investigados pela PF.

A nota enviada ao Brasil 247 foi a seguinte: Imbassahy nega ligação com doleiros

O líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy, descarta qualquer ligação com doleiros.

Aliás, ele afirma que o doleiro, preso na Operação Lava Jato, que mantém estreita vinculação com petistas e com um ex-diretor da Petrobras, investigado por irregularidade na estatal, deverá ser um dos primeiros a serem ouvidos pela CPI mista da Petrobras, que está em fase de instalação no Congresso.

“Estamos empenhados para que os trabalhos, da referida CPI comecem o mais breve possível, e todos os fatos sejam esclarecidos”, disse o deputado.    

Fonte: Redação com informações do B.247

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS