Tempo - Tutiempo.net

Acontece hoje o encontro de Natal para mães de crianças com microcefalia, realizado pela Secretária de Saúde

Em julho deste ano, o Projeto Aconchego foi premiado, em Brasília, durante o 33º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através da Vigilância Epidemiológica e a Atenção Básica, promoveu o “Natal do Aconchego”, na tarde desta quarta-feira, 6, para crianças com microcefalia e seus familiares. O evento, realizado no auditório Dr. João Batista de Cerqueira, também marcou o último encontro do ano do projeto “Aconchego: Compartilhando Emoções e Experiências”.

A secretária municipal de Saúde, Denise Mascarenhas, compareceu na confraternização, marcada por troca de experiências, momentos lúdicos, distribuição de kits de higiene pessoal para as crianças e lanches. Cestas de alimentos, que foram arrecadados nas coordenações da SMS, também foram entregues para as 23 famílias acompanhadas, atualmente.

O preconceito ainda é uma grande barreira

Mãe do pequeno Artur Macedo Galindo, de 2 anos e 7 meses, Érica Silva (foto) falou da sua experiência em cuida-lo e como enfrentou o diagnóstico. “Descobri que o meu filho tinha microcefalia após o parto. Naquele momento levei um susto, mas depois superei e hoje, ele é o meu melhor presente”, disse a dona de casa.

Para Érica o preconceito ainda é uma grande barreira a ser vencida. “Ele é uma criança com necessidades, que precisa aprender e brincar dentro das suas limitações”.

PERSONAGEM

Sara Timóteo da Silva, mãe de Lara Vitória, recebendo a cesta de Natal

“Microcefalia não é doença. É uma condição de vida”, afirmou Sara Timóteo da Silva, mãe de Lara Vitória, 1 ano e 10 meses.

PREMIADO

Em julho deste ano, o Projeto Aconchego foi premiado, em Brasília, durante o 33º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde. Através do projeto mães e crianças com microcefalia recebem o acompanhamento do município desde a descoberta da doença. A Vigilância Epidemiológica tem feito o acolhimento dessas mães a partir de notificações que permitem acompanhar a gestação.

Secom

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS