Tempo - Tutiempo.net

Apresentador diz que mulheres só são assediadas porque “dão liberdade”

Tony Lagos demitido

Em programa ao vivo, apresentador Tony Lagos culpa vítimas por assédio: “para um homem chegar ao ponto de passar a mão na mulher, é porque ela também deu liberdade.

A mulher, quando se impõe, ela impõe respeito”. Após a repercussão do caso, emissora comunicou o afastamento do profissional e divulgou um pedido de desculpas

Tony Lagos

Tony Lagos, apresentador do jornal vespertino “Voz do Litoral”, do Paraná, foi afastado por tempo indeterminado de seu cargo após ter feito um comentário machista após a exibição de um caso em que um homem matou o amigo por ter assediado sua parceira.

Ele insinuou que há casos de assédio em que mulheres dão liberdade aos abusadores. A TVCI, emissora local, anunciou a decisão na noite de terça (12).

No programa da última segunda (11), o comunicador afirmou que “para um homem chegar ao ponto de mexer com uma mulher, cantar, passar mão na mulher, é porque ela também deu uma certa liberdade”, responsabilizando, assim, as vítimas de assédio pelo ato criminoso.

“Me desculpe, eu penso isso. Quem pensa o contrário eu respeito também. Porque a mulher, quando ela se impõe, ela impõe respeito. O homem não é burro, qual o homem que vai fazer gracinha ou vai querer passar a mão na mulher?”, completou Lagos.

O apresentador ainda chegou a comandar o programa de terça-feira (12) e esclareceu seu comentário no ar. “Quero só esclarecer uma coisa. Embora tenha visto ali os nomes, são sempre os mesmos daquela turminha que me adora, mas mesmo assim vocês me assistem, né?

Então, eu agradeço do mesmo jeito. Eu, ontem, fiz um comentário a respeito do amigo que matou o outro. Em momento algum, eu disse que a mulher do amigo se abriu para o cara, deu espaço para aquele rapaz mexer com ela, até porque eu não sei, não estava no local onde tudo aconteceu”, disse.

“Eu falei que, muitas vezes, pode ser que aconteça isso também, mas em momento algum eu dei a minha opinião sobre exatamente aquele caso. Só para deixar claro, é que tem os oportunistas de sempre, que a gente já sabe quem são, que para mim tanto faz o que vocês falam ou deixam de falar, o telespectador entende o que eu quero dizer”, afirmou.

Em seu site oficial, a TVCI publicou uma nota de esclarecimento. “Durante o programa Voz do Litoral desta segunda-feira (11/7), o apresentador Tony Lagos emitiu comentários de forma errônea em relação às mulheres, pelo que inclusive no programa de hoje (12/7) o próprio se retratou, admitindo equívoco.

A direção da emissora repudia qualquer forma de violência ou qualquer ato contra as mulheres e não compactua com a mesma opinião do apresentador.

Em nome da TVCI, pedimos desculpas a todas as mulheres pelo infeliz comentário. Em meio aos últimos três casos que repercutiram na mídia nacional e outros que acontecem a todo momento, a TVCI, como emissora do litoral, também entende a necessidade de um jornalismo que dê voz a vítimas de violências e não colabore para a revitimização”, diz o texto da emissora paranaense.

A fala machista, que viralizou nas redes sociais, desencadeou pedidos de demissão por parte de internautas e o repúdio de famosos como Astrid Fontenelle, Bia Arantes, Negra Li e Seu Jorge.

Após críticas, Lagos optou por excluir suas redes sociais.

A declaração aconteceu no mesmo dia em que a notícia sobre o médico Giovanni Quintella Bezerra ter sido preso em flagrante por estupro durante um parto no Rio de Janeiro veio à tona.

O caso deixou o público chocado e revoltado ao mesmo tempo.

Após a pressão nas redes sociais, a TVCI anunciou o afastamento por tempo indeterminado do profissional:

“A TVCI vem informar que, em virtude do comentário inaceitável feito ao vivo, durante o programa Voz do Litoral, o apresentador Tony Lagos foi afastado por tempo indeterminado e que, a partir desta quarta-feira, quem apresenta o Voz do Litoral é a jornalista Diana Tulio, profissional com 14 anos de trabalho dentro da emissora”.

 

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS