Parlamentares aprovam obrigatoriedade do teste da linguinha

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

 

Deputados da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovaram na tarde desta quarta-feira (30), a proposta de lei que torna obrigatório em hospitais e maternidades o “teste da linguinha”. O teste confere se a criança tem a chamada língua presa.

O procedimento avalia o frênulo ou membrana da língua de bebês e recém-nascidos para verificar se existe qualquer problema, como um encurtamento, que possa dificultar a amamentação ou, posteriormente, a fala. O autor da proposta, deputado Onofre Santo Agostini (PSD-SC), explicou que o diagnóstico dessas alterações pode evitar consequências mais graves no desenvolvimento das crianças. Agostini lembrou que o comprometimento da movimentação da língua e das funções orais afetam a deglutição e podem prejudicar, depois, a mastigação e a fala.

Agora a matéria segue para a análise do Senado.

Fonte: Redação / Agência Brasil

OUTRAS NOTÍCIAS