Carlos Lima
Hoje dia 18/09/2019 às 23:43:59

Ciências
Carlos Lima | Publicado em 09/09/2019 às 09:58:19

Astrônomos detectam sinais misteriosos oriundos do espaço profundo

Astrônomos detectam sinais misteriosos oriundos do espaço profundo © Foto/ M. Weiss/CfA

Astrônomos chineses que trabalham com o maior radiotelescópio esférico do mundo detectaram sinais de rádio misteriosos provindo de uma fonte afastada da Terra a 3 bilhões de anos-luz.

Na segunda-feira (9), a agência de notícias chinesa Xinhua informou que o maior radiotelescópio esférico do mundo, conhecido como FAST e localizado na província chinesa de Guizhou, detectou rajadas rápidas de rádio, ou FRB (Fast Radio Bursts, em inglês).

“Os sinais foram recebidos pelo maior telescópio esférico do mundo com 500 metros de abertura, eles estão sendo verificados e analisados cuidadosamente”, anunciaram especialistas dos Observatórios Astronômicos Nacionais da Academia das Ciências da China (NAOC) citados pela agência.

A detecção dos sinais de rádio repetidos pode ajudar a esclarecer a origem e os mecanismos físicos das FRB, segundo cientistas.

Rajadas rápidas de rádio são impulsos de rádio com uma duração de alguns milissegundos. Até agora, os cientistas ainda não têm uma explicação fundamentada da origem delas.

Radiotelescópio FAST

O radiotelescópio FAST, localizado na província de Guizhou no sudoeste da China, foi terminado em setembro de 2016 e deve iniciar as operações regulares neste mês.

O radiotelescópio chinês FAST, o maior do mundo, está situado na região montanhosa da província de Guizhou

© AP PHOTO / LIU XU O radiotelescópio chinês FAST, o maior do mundo, está situado na região montanhosa da província de Guizhou

Astrônomos de mais de 10 países e regiões estão elaborando planos de observações para o FAST de forma a aplicar o poder sem precedentes do telescópio, ultrapassando tudo o que tem sido feito por outros telescópios no passado.

 Sputnik

Comentários

comentários

Veja também