Após estátua de Drummond, mais um monumento é alvo de pichações no Rio

 

Equipes da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos da prefeitura do Rio concluíram na tarde desta quinta-feira (26) a limpeza de mais um monumento alvo de pichações na zona sul da cidade. Dessa vez, o ato de vandalismo foi praticado contra o marco em forma de pirâmide, localizado no Parque do Flamengo, que homenageia Estácio de Sá, o fundador da cidade. Inaugurado em 1973, o monumento é de autoria do arquiteto e urbanista Lúcio Costa.

Na madrugada dessa quarta-feira (25), as estátuas do poeta Carlos Drummond de Andrade, no Posto 6, em Copacabana, e do jornalista Zózimo Barroso do Amaral, no Posto 12, no Leblon, também foram pichadas por vândalos. Após constatar na manhã dessa quinta-feira a nova pichação, a secretaria registrou a ocorrência na 9ª Delegacia Policial, no bairro do Catete.

As duas ações de ontem estão sendo investigadas pela 13ª Delegacia, em Copacabana. De acordo com a Polícia Civil, até o momento não foi identificado o casal de pichadores da estátua de Drummond, flagrado pela câmera de segurança instalada no local pela prefeitura.

Fonte: Redação

Share on whatsapp
Share on twitter
Share on facebook
Share on google
Share on linkedin
Share on email

OUTRAS NOTÍCIAS